Athos News

Devocional

O MUNDO ACABA ONDE A VISÃO ALCANÇA

 

“Olhe firme para frente, com toda a confiança; não abaixe a cabeça, envergonhado” (Provérbios 4:25 NTLH).

 

Uma pequena fábula lança luz sobre o que quero falar hoje.

Um pintinho pergunta para seu pai:

- Pai, o mundo termina ali, na cerca?

O pai dá uma gostosa gargalhada e diz:

- Não, meu filho! O mundo é muito maior do que isso. Venha, vou lhe mostrar uma coisa. Então o galo sobe no telhado mais alto da fazenda e leva seu filhote com ele. O pintinho fica admirado com aquela nova e magnífica visão do mundo e compreende porque seu pai riu tanto, pois o cercado do galinheiro, agora era apenas um pequeno detalhe naquela bela paisagem. O galo, então, todo orgulhoso, lhe pergunta:

- Está vendo aquelas montanhas lá adiante?

- Sim, papai!

- Pois é, meu filho, é lá que o mundo termina. 

- Uauuuu! Exclamou o pequenino pintinho.

Assim como na historinha acima, no texto sagrado também há lições. Vejamos:

Primeira, tenha um objetivo. Alargue sua visão. O texto diz: “olhe firme para frente”. Evite a inconstância. Evite olhar para os lados. Não se distraia olhando para as margens da estrada da vida. Olhe firma para frente!

Segunda, confie em Deus. Não basta ter um grande objetivo é preciso entregá-lo ao Senhor e confiar nele. Confie em Deus seus caminhos, seus projetos, seus sonhos.     

Terceira, não desista dos seus sonhos. O texto diz: “não abaixe a cabeça”. Cabeça baixa, visão baixa. Quanto mais baixa a cabeça, menor a visão de mundo. Foi Agostinho quem disse: “Dois homens olharam através das grades da prisão: um viu a lama, o outro as estrelas”. Para onde apontam seus olhos se estende a visão de mundo.

 

ORAÇÃO: Querido Deus, ajuda-me a direcionar minha visão para as coisas do alto. Dá-me forças para lutar pelos meus sonhos.  

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»