CUIDADO COM AS LENTES

CUIDADO COM AS LENTES

“Não julgueis segunda a aparência, e sim pela reta justiça” (João 7:24).   

Conta-se que certa vez uma mãe saiu para ir ao mercado e, de repente, voltou às pressas para dentro de casa, gritando:

- Filho, rápido, ajude-me a tirar a roupa do varal, pois vai chover!

Mais do que depressa o filho pulou da poltrona e acompanhado de sua mãe foram ao varal e começaram a recolher a roupa, ainda molhada. No entanto, o filho resolveu dar uma olhadinha para o céu e foi logo perguntando a sua mãe:

- Mãe, o céu está limpo, sol forte e não há nenhuma nuvem se formando. Acho que não vai chover, não.

Foi só nesse exato momento que a mãe percebeu que estava de óculos escuros.

As lentes que usamos para fazer leituras da realidade que nos cerca podem causar embaraços. No texto sagrado acima há lições preciosas a esse respeito. Vejamos:

Primeira, as aparências enganam. Julgar pelas aparências é um risco enorme. Muitas injustiças têm sido cometidas ao longo da história por causa do julgar pelas aparências. Cuidado com as lentes da precipitação. Cuidado com as avaliações superficiais. Cuidado para não julgar pelas aparências.

Segunda, à luz do texto sagrado os julgamentos não estão proibidos, mas quando forem necessários que sejam norteados “pela reta justiça”. Justiça torta não é justiça. Justiça torta é injustiça. Não julgue pela aparência, mas pela essência. Cuidado com as lentes que você está usando para julgar as pessoas.

A precipitação é amiga íntima da injustiça.  A esse respeito, alguém fez uma indagação mais do que oportuna: “E se você ficasse cego, continuaria julgando as pessoas pela aparência? ”

 

Oração: Querido Deus, livra-me de julgar pelas aparências. Dá-me serenidade e discernimento para usar as lentes da justiça.

 

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»