Meditações

A RESPONSABILIDADE COM O PASSADO II

A RESPONSABILIDADE COM O PASSADO II

                                                        

“mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo” (Filipenses 3:13,14).

 

Como dito pelo o renomado estadista britânico e primeiro-ministro do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial Winston Churchill: “Quanto mais longe você conseguir olhar para trás, mais longe você verá para frente”. Mais algumas verdades podem ser acrescentadas sobre a relação passado e futuro. Vejamos:

Terceira, quanto mais longe olhamos para trás, mais longe iremos. O que fizeram conosco ou o que fizemos deve servir de motivação para recomeços. O passado pode e deve ser usado como elemento motivador e não como algo que paralisa. Paulo diz:“esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo”. 

Quarta, o passado não tem como ser modificado, mas o futuro está em aberto. Paulo diz:“esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo”. Olhar para trás é ficar amarrado à sombra. Um adágio oriental diz: “Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás”.

Não importa o quanto fomos longe na estrada do erro, há sempre a oportunidade para pararmos e nos voltar para uma nova vida.

 

ORAÇÃO: Querido Deus, dá-me forças para frear a caminhada que me distância do Senhor e ajuda-me a reconstruir uma nova história.

 

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»