Meditações

A CONDUTA NO FALAR

A CONDUTA NO FALAR

 

“Os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado” (Mt 12.36)

 

Você já se viu em apuros por ter tido a intrepidez de um corajoso e dito algo que não devia e depois ser confrontado com isso? Aí teve de se explicar, dizendo que não era bem isso que quis dizer, mas o fato é que já tinha dito.

O apostolo Paulo escreveu o seguinte acerca do nosso falar: “Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for boa para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que ouvem”. (Ef. 4:29)

Mais grave ainda é o que o texto bíblico nos diz: que um dia prestaremos conta de toda palavra inútil que proferimos, e que nossas palavras poderão condenar-nos.

Assim sendo, o que é que temos falado por aí? O problema é que costumamos, nem sempre falar bem, falar a verdade sobre os outros, principalmente das pessoas investidas de autoridades, com as quais convivemos: pais, professores, patrões etc. Não nos esqueçamos da advertência que acabamos de ler, sejamos corajosos e verdadeiros também naquilo que falamos. No mesmo texto, Ele nos diz que a boca fala daquilo que o coração está cheio. Assim para que tenha valor aquilo que falamos é preciso que venha de uma mente preenchida com valores de Deus.   

Lembrando mais uma vez o apostolo Paulo, pois ele traduziu bem estas noções quando disse: “Finalmente, irmãos, tudo o que for puro, o quer for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” (Fp 4.8).

 

Oração: Senhor Deus, nos dê o privilégio de uma mente cheia de coisas boas para que tenhamos condições de alcançar uma boa conduta ao falar. Amém

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»