Meditações

COMO PRATICAR A HOSPITALIDADE BÍBLICA

COMO PRATICAR A HOSPITALIDADE BÍBLICA

É, pois, nosso dever receber com hospitalidade a irmãos como esses, para que nos tornemos cooperadores em favor da verdade. Hebreus 13:2

 

Quer você esteja desfrutando de devoções pessoais, de um estudo bíblico, ou de um culto de adoração, que imagens surgem em sua mente quando você se depara com textos que incentivam a hospitalidade?

Para muitos, as imagens refletem fotografias brilhantes de uma revista, uma casa bem arrumada, um cardápio gourmet, um conjunto de mesa requintado. E embora algumas dessas imagens possam ser aplicadas à hospitalidade bíblica em determinadas situações, o que elas realmente retratam é um entretenimento.

Quando a hospitalidade é descrita nas Escrituras, não há nenhuma instrução relativa a decoração, cardápio ou conjunto de mesa.

Façamos uma caminhada através das Escrituras, delineando um retrato escrito da hospitalidade bíblica.

Retrato Escrito

• De acordo com João 14:15, 21-24, a evidência primária de que alguém é um Cristão e ama a seu Pai celestial, é sua escolha de obedecer a seus mandamentos. Embora vivamos num mundo que nos incentiva a “fazer as coisas à nossa própria maneira”, aprendi que para agradar ao Senhor, preciso responder a todas suas instruções com um espírito obediente, não apenas escolher àquelas que me agradam, e isto inclui nossa resposta ao que sua Palavra nos ensina sobre a hospitalidade.

• Romanos 12:13b diz que devemos praticar a hospitalidade, literalmente, “almejar o amor de desconhecidos” (Hebreus. 13:2), não simplesmente ficarmos sempre com nossos melhores amigos. Se queremos demonstrar obediência ao nosso Pai celestial, praticaremos a Hospitalidade Bíblica.

• 1 Pedro 4:9 adiciona informação à instrução sobre a prática da hospitalidade e nos lembra que nossa atitude é de extrema importância—devemos praticar a hospitalidade sem reclamar. Este versículo nos desafia a realizar uma sondagem em nossos corações para discernir se estamos utilizando esta oportunidade para ministrar com “sinceridade de coração” (Colossenses. 3:23).

• Somos lembrados em Hebreus 13:2 que nossa disposição de oferecer hospitalidade pode ter implicações de longo alcance. Se estudarmos a vida de Abraão e Sara (Genesis 18:1-3), Ló (Genesis 19:1-2), Gideão (Juízes 6:11-24), e Manoá (Juízes 13:6-20), aprendemos que todos os desconhecidos recebidos com hospitalidade eram na verdade, mensageiros especiais de Deus. Enquanto que nossa motivação nunca deve ser dar para receber, Lucas 6:38 afirma claramente que a medida que estamos utilizando para distribuir nossos dons e talentos será a mesmo usada para suprir a nós mesmos. Qual é o tamanho da medida da sua hospitalidade?

 

      Oração: Querido Deus, nos dê a graça de responder às suas boas-vindas em Cristo, acolhendo a outros intencionalmente, guiados pelo evangelho em nome de Jesus. Amém!

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»