Meditações

MESMOS PAIS E FILHOS TÃO DIFERENTES

MESMOS PAIS E FILHOS TÃO DIFERENTES

 

“O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe" (Provérbios 10:1).

 

Uma máxima de autoria desconhecida diz: "Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos e, esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta". No texto sagrado acima há lições preciosas sobre isso. Vejamos:

Primeira, é possível num mesmo lar filhos escolherem caminhos diferentes. O texto faz referência ao filho sábio e ao insensato. Mesma casa, mesmos pais e filhos tão diferentes. Infelizmente, muitos pais vivem essa triste realidade.

Segunda, alegria e tristeza podem andar de mãos dadas dentro de um lar. Note o que diz o texto: "O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe". Filhos que alegram os pais, filhos que entristecem os pais.

Terceira, a sabedoria marca a história dos filhos que alegram os corações dos pais. Filhos sábios são bálsamo para a alma dos pais. Onde há sabedoria, há alegria. Porém, no lar onde a insensatez é a marca distintiva de alguns filhos a tristeza passa a ser hóspede permanente.

Martin Luther King eternizou uma de suas falas dizendo: "Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele". Certamente é uma tristeza muito grande para um pai saber que seus filhos são julgados pela cor da pele, status, aparência, mas exponencialmente mais triste é saber que numa mesma casa filhos dos mesmos pais uns são sábios e outros insensatos.

 

ORAÇÃO: Querido Deus, que a sabedoria seja a marca distintiva dos filhos nesta geração. Ajuda aos pais a criarem seus filhos no temor do Senhor.

 

Athos no Facebook

Athos & Meditações

O que dizem sobre nós

Só uma escola com uma excelente estrutura, pode oferecer o melhor para nossos filhos, estrutura essa, tanto em suas instalações, quanto acadêmica e espiritual. Ricardo Luis

"Eu gostei de aprender de forma prática sobre os paralelos e meridianos. Eu gostei de fazer a bola com a minha mãe, usando barbante, cola de isopor e alfinetes".  Ana Cecília - 6º ano A

«
»